bem estar, Uncategorized
Comentários 3

Você não é melhor que ninguém porquê não come carne

Se você nascesse na década de 90 em uma família branca de classe média, depois de concluído o ensino médio a o acesso à universidade era uma coisa dada como certa, simplesmente a continuação natural da vida.

Se você além disso tudo nascesse meio diferentona, gostasse um pouco mais de ler, escrever e debater que o resto de seus colegas, certeza que acabaria caindo numa faculdade de humanas.

Ali, descobriria a luta de classes, os horrores do capitalismo. Entre baseados, cigarros de palha e cafés que derretem copos de plástico, você e seus amigos discutiriam animadamente todas mazelas do mundo e as soluções para cada uma elas.

tumblr_nrjv2qpRWQ1somw7ho1_1280tumblr_nrjv2qpRWQ1somw7ho2_1280tumblr_nrjv2qpRWQ1somw7ho3_1280

Nessa época provavelmente você acreditaria com todas as suas forças que o dinheiro é a fonte de todo mal do mundo e que para provar seu posicionamento político você deveria rejeitá-lo.

Quando seu pai viesse te questionar qualquer coisa acerca do futuro, você bateria no peito e falaria que um salário de R$1.500,00 por mês te atenderia perfeitamente, e que você não precisava de muito mais que isso pra viver.

Da mesma forma como a faculdade tinha sido reservada pra você já na infância, no seu inconsciente você nutria uma certeza quase palpável que depois de formada haveria uma vaga qualquer na área de arte e cultura especialmente te esperando.

Depois de pesquisar e entender o agronegócio, você provavelmente pararia de comer carne, e começaria a torcer o nariz pro macarrão à bolonhesa da sua mãe no almoço domingo enquanto faria longos e exaltados discursos sobre o consumo desenfreado de carne, a soja que devasta o Cerrado e a Amazônia para alimentar bois e porcos na China e nos Estados Unidos, e o quanto o metano do pum da vaca é o principal causador do efeito estufa, e etc.

tumblr_nnhxbtXWdw1qgmu5uo1_1280

Bom, nessa época provavelmente você também se interessaria por religiões de matriz africana, e depois de resolver de alguma forma na sua cabeça o paradoxo entre sua opção alimentar e os sacrifícios animais realizadas por muitas delas, você começaria a conviver mais com seus praticantes.

Se você realmente fosse uma pessoa sensível e observadora, começaria a perceber que não existe uma relação direta entre comer carne e ser escroto ou ser vegetariano e ser legal, ou ser vegetariano e ser saudável e ser carnívoro e se alimentar mal.

tumblr_onweckxqjk1r2an97o1_1280

Olha a Rebeca, por exemplo. É vegana, mas só come pastel frito de palmito, coca cola, e negresco, fica na frente do computador o dia inteiro. A Larissa pedala a cidade de cabo à rabo, come frango ensopado no almoço e enrolado de salsicha no lanche.

O Ricardo é vegetariano, tem um emprego que rende um bom dinheiro, mas está em profunda depressão. O Robson come carne todos os dias, bebe cerveja umas 4 vezes por semana, toca pagode enquanto come churrasco e tropeiro no domingo, e é muito feliz.

Comer ou não comer carne é mais ou menos a mesma coisa de acreditar ou não em Deus. Tem gente que não acredita em nada mas que faz muito mais o bem para si mesmo, para os outros e para o mundo do que quem tá na Igreja toda semana e sai de lá profanando todo tipo de preconceitos e intolerâncias.

No portão do céu, pode ter certeza que não é comer carne ou não que vai te impedir ou facilitar o acesso. Tem uma frase boa de um cara que eu adoro que fala “O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.”

tumblr_lf4y3l9hj61qbg9dto1_500

O agronegócio é uma das indústrias mais prejudiciais pro mundo todo? É sim. O plantio de soja e a pecuária estão destruindo o cerrado do centro-oeste e a Amazônia? Estão sim. A carne que está no nosso prato é cheia de tortura e sofrimento animal? É sim. É estranho a pessoa amar cachorros e gatos, mas comer bois, porcos e galinhas? É sim.

Acho que é importante a pessoa ter consciência de suas escolhas. O mundo é cheio de contradições, cada um escolhe quais vai chamar de suas. Porquê a gente sabe que Iphone tem mão de obra escrava, e a Forever 21 também, e a Zara também, e que o Temer tá no poder, e várias outras coisas escrotas… e não faz nada a respeito.

Tipo aquela história do glitter no carnaval, que mata peixes e tal. Péssimo, realmente péssimo. Mas e a Samarco que matou o Rio Doce inteirinho e a gente não fez nada a respeito, SACA?

tumblr_ob51fdL09w1tn7avwo1_540

Não dá pra julgar o que vale mais e menos. Uma patricinha que é vegana, tem carro próprio dado pelos pais, faz yoga todo dia por semana… Ou uma mana que come carne e tá lutando na sua ocupação, ou simplesmente para ficar de pé, trampar e garantir o pão de cada dia pros seus filhos.

Ser vegetariano é maravilhoso mesmo. Uma qualidade de vida incrível e uma ajuda e tanto pro planeta. Muito foda quem é vegetariano, e vegetariano e vegano de quebrada eu dou ainda mais moral. Só que SEJAMOS SINCEROS demanda tempo e/ou dinheiro, dois tipos de recursos escassos hoje em dia.

Ou você tem tempo de fazer sacolão e cozinhar em casa com frequência, ou você tem grana pra comer em restaurantes vegetarianos na rua (que sim, infelizmente em sua maioria são mais caros). Não dá pra cobrar que todas as pessoas façam (ou tenham a possibilidade de fazer) essa opção, ainda que quisessem. Ainda mais pessoas que durante a vida mal e mal tiveram acesso à carne e frango.

Pra finalizar, gostaria de citar mais um caso bem curioso. O caso da pessoa que decidiu parar de comer carne, seja lá pela razão que for, e uma vez que não está conseguindo bancar a escolha (pública) fica num sofrimento danado, ou comendo carne escondido… Me ajuda.

Ser ou não vegetariano é uma escolha sua. É uma escolha sua para com o seu corpo e a sua relação com o seu meio exterior. Não tá dando conta? Quer voltar a comer carne? Ninguém tem nada a ver com isso. Na verdade você não deve satisfação pra ninguém sobre isso.

Parar de comer carne não te torna um anjo ou um mártir político-social, e voltar a comer carne também não te faz um babaca despolitizado.

(Ah, e da mesma forma, se você é vegetariano, mas um dia tava com fome e não tinha nada pra comer e precisou comer um pão com presunto, tá de boa viu? Você pode continuar com sua opção alimentar no dia seguinte, de boa)

tumblr_mn5meuQKNs1qc0cxpo1_500.jpg

O resumo desse texto é DEIXA AS PESSOAS. Quer ser vegetariano, ótimo, arrasou, de coração, você está fazendo sua pequena parte para promover um bem danado pro planeta. Não quer? Bom também. Isso não te faz melhor ou pior que ninguém.

Tem um texto do Mooji, um guru jamaicano que eu adoro (ele se apresenta como um saco vazio de barba e dreads) que diz:

“Se você acha que é mais “espiritual” andar de bicicleta ou usar transporte público para se locomover, tudo bem, mas se você julgar qualquer outra pessoa que dirige um carro, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” não ver televisão porque fode com o seu cérebro, tudo bem, mas se julgar aqueles que ainda assistem, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” evitar saber de fofocas ou noticias da mídia , mas se encontra julgando aqueles que leem essas coisas, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” fazer Yoga, se tornar vegano, comprar só comidas orgânicas, comprar cristais, praticar reiki, meditar, usar roupas “hippies”, visitar templos e ler livros sobre iluminação espiritual, mas julgar qualquer pessoa que não faça isso, então você está preso em uma armadilha do ego.

Sempre esteja consciente ao se sentir superior.
A noção de que você é superior é a maior indicação de que você está em uma armadilha egóica.

O ego adora entrar pela porta de trás. Ele vai pegar uma ideia nobre, como começar yoga e, então, distorce-la para servir o seu objetivo ao fazer você se sentir superior aos outros; você começará a menosprezar aqueles que não estão seguindo o seu “caminho espiritual certo”.

Superioridade, julgamento e condenação.
Essas são armadilhas do ego.”

tumblr_ntn57x6ut71uwu1ffo1_500

É mais ou menos por aí.
😃 Beijo!

 

Anúncios

3 comentários

  1. Renny diz

    Amei forte! Eu só descordei um pouquinho onde diz que “ou você tem grana pra comer em restaurantes vegetarianos na rua (que sim, infelizmente em sua maioria são mais caros)” pq eu só não virei vegetariana ainda por falta de vergonha na cara, os restaurantes que frequento (que não são caros) tem bastante opção de verduras e legumes… mas enfim… Parabéns! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s