Relacionamentos e Sexualidade
Comentários 7

O por quê penetrar sem camisinha sua parceira contra sua vontade também é uma forma de estupro

 

– Ai, mas sem camisinha é tão mais gostoso.
– A camisinha não cabe no meu pinto direito.
– Me aperta.
– Me faz brochar.
– Odeio essa coisa de parar o que a gente tá fazendo pra colocar camisinha.
– Com camisinha eu gozo rápido, sem camisinha eu duro muito mais.
– Deixa eu sentir só o molhadinho vai, só a cabecinha.
– Vamo começar sem, daqui a pouco a gente coloca.
– Eu não vou gozar dentro, eu juro.

23 anos. A impressão que me dá é que tu é feito Teresa, a namorada de Manuel Bandeira. Teresa que tinha os olhos muito mais velhos que o resto do corpo. Diz ele que os olhos nasceram e ficaram dez anos esperando que o resto do corpo nascesse. Minha cabeça se encaixa perfeitamente no seu ombro. Quando a gente tá bem perto assim – os narizes colados um no outro praticamente, respirando o mesmo ar – e eu te olho bem de perto, barba bigode testa, não há nada no seu rosto que revele sua pouca idade.

Já te falei isso. Você é do tipo de pessoa que tem ao mesmo tempo 8, 20 e 790 anos. Gosto de você. Gosto do carinho que cê me dá, que a gente troca. Tenho aprendido muito com você… Coisas que você me ensina em silêncio. No carinho que você faz no seu gato, na consideração que tem com os seus amigos, na atenção que você dá pra sua vó, na paixão e na seriedade (e ao mesmo tempo no bom humor!) com que você leva sua vida e seu trabalho. Na sua escolha de não reclamar de nada e sempre tentar ver a vida sempre por um lado positivo. Eu realmente gosto de você.

tumblr_mv027bhyoy1sk31exo1_1280

E talvez tenha sido justamente por gostar de você que eu não levantei e fui embora ontem à noite assim que aconteceu.

Acordei hoje bem mais cedo que tu. Fiquei te olhando, fazendo carinho, mas não conseguia mais dormir. Estava triste, com raiva, preocupada. Você sabe desde o começo o quanto me preocupo com usar camisinha, o quanto tomo cuidado com isso. E mesmo assim, por mais que eu sempre tenha te falado isso, que não queria transar sem proteção, ontem quando eu estava no ápice do prazer – quase em outro planeta – enquanto você me chupava, você rapidamente subiu pra cima de mim e me penetrou no pêlo, apesar de todas as conversas que a gente já teve a respeito e apesar de todos os meus nãos.

Você argumentou que foi “irresistível” (“ai, tava tão molhadinha, nem pensei direito”), que não pensou no que fez, pediu mil desculpas me olhando no olho, disse que não faria de novo; ao mesmo tempo que no sub-entendido das suas palavras algo já se pronunciava que “se já tinha ido sem mesmo né, por quê não continuar”.

Apesar deu ter pegado o celular e te mostrado no aplicativo que estava no meu período fértil, você fez de novo, e de novo. A cada vez meu olhar ficando mais e mais triste. O seu pedido de desculpa o mesmo. “Me desculpa, eu juro que não vou fazer isso de novo. Não fica com essa carinha vai, não preocupa com isso não, vem cá, deita aqui no meu ombro”. Na manhã de domingo, meio nessa onda tá na chuva é pra se molhar, você gozou dentro e fez aquela carinha de não consegui me segurar, “estava irresistível”.

tumblr_nwnnh4w9cc1qenmkpo1_500

Você me deixou em casa e foi trabalhar. Embora nervosa, preocupada, já sabendo que teria que tomar pílula do dia seguinte, cheguei em casa achando que tava tudo bem, afinal de contas o sexo tinha sido gostoso, eu tinha gozado até. Mas na medida em que sozinha eu via a tarde passar, e aos poucos sentia aquela mistura de líquidos descer pela minha calcinha, fui ficando mais e mais incomodada. Alguma coisa não estava bem. Meu coração estava apertado por quê eu sentia que minha vontade e meu corpo tinham sido violados.

Eu não havia pedido nem concordado com aquela mistura de líquidos dentro de mim. Eu não tomaria uma pílula do dia seguinte por um descuido meu, ou nosso – por quê às vezes acontece, de comum acordo a gente mete o louco e decide transar sem camisinha e se olha nos olho e fala “foda-se”, “entra”, “vem” – mas não foi o caso. Você entrou por quê deu na sua cabeça de entrar. Você me pegou no estágio de um leve torpor e não me pediu permissão e entrou. Não satisfeito (ou já naquela “ajoelhou tem que rezar”) ainda gozou dentro.

tumblr_oclmt3q6bd1r4p60xo1_1280

Enquanto tomava banho fiquei pensando no por quê eu não reagi, por quê eu não simplesmente levantei e fui embora assim que aconteceu. Talvez por ter um histórico de ser abusada por homens do círculo mais próximo de confiança, às vezes eu tenho uma certa de dificuldade de assumir até pra mim mesma que eu fui vítima de algum abuso.  Me lavava e sentia raiva e vergonha, me culpando que eu devia ter estado mais alerta, mais vigilante! Mas mano, se eu faço sexo é justamente por quê eu não quero estar vigilante, eu quero relaxar… e pra isso acontecer eu preciso me entregar e (para isso) confiar no meu parceiro. Sem entrega e sem confiança, o sexo serve pra quê?

Eu acredito em uma outra forma de sexo, cê tá ligado. E eu tenho que ser honesta com o que eu sinto, se me incomoda eu não vou ficar calada e não vou fingir que está tudo bem, que te perdôo, que não foi nada simplesmente pra você ficar menos triste por quê sabe que vacilou.

Se eu falei que não é não. Se eu falei que eu não queria transar sem camisinha cê não pode me chupar, me deixar molhada e simplesmente por isso entrar falando que é irresistível. Isso não rola. Não tem camisinha não trepa. A gente transou com camisinha todas as vezes antes, e você gostava, não gostava? Sei lá. Óbvio que sem é melhor, mas isso tem que ser quando os dois estão de acordo a respeito de fazer sem, não só quando uma das partes decide.

Eu continuei lá com você por quê gosto de você, gosto de transar com você. Mas, na moral, já conversamos sobre isso, algumas vezes. Não vou ficar fazendo o mesmo discurso de novo e de novo. Eu odeio dar bronca. Eu não sou gato pra ter filho de bigode. Não vou ficar explicando o óbvio, como se você não tivesse capacidade de entender uma coisa tão simples. Se isso acontecer de novo eu simplesmente vou embora, e pra não voltar nunca mais. Na real, se isso acontecer de novo como eu te falei cara-à-cara eu corto seu pau fora, môo no moedor e misturo no Whyskaz dos seus gatos.

tumblr_o797n36dm81sl9yjso1_1280

Tudo tem que ter consentimento. senão é abuso. Se só exigir já é um ato de machismo, chegar às vias de fato e penetrar sem camisinha sendo que a mulher falou que não queria, é o quê? Fazer qualquer coisa na cama sem o consentimento da sua companheira é estupro. Ela pode ser sua namorada, sua esposa, ou sua ficante, se ela não estiver a fim, você não pode penetrá-la de forma alguma. Você não tem nenhum direito sobre ela e ela não te deve nenhuma obrigação.

Você não pode fazer nada com uma mulher que vá contra a vontade que ela deixou expressa em palavras e/ou em atos. E mesmo que ela não tenha dito nada te proibindo, como por exemplo num estado de torpor ou embriaguez, você não tem direito de entrar nela (muito menos sem camisinha) a não ser que ela te convide pra entrar. ISSO TEM QUE FICAR MUITO CLARO.

tumblr_od1zt0o4oy1r72w9qo1_1280

Não se transa com uma mulher embriagada, talvez nem bêbada demais. Se a pessoa não te der a chave muito clara de que QUER fazer algo com você, você não faz. Se você tenta alguma coisa com uma mina na cama, tipo comer o cu dela por exemplo, e ela não quer ou não deixa, e você insiste loucamente e faz à força, indo contra a vontade dela, ISSO É ESTUPRO. Você não tem direito de fazer nada com uma pessoa simplesmente por quê VOCÊ quer. (E mano, você não pode embriagar uma pessoa ou fazer nada que ela não consinta)

Se você goza dentro da mina, sendo que o combinado era não gozar, eu não sei falar se é estupro ou não. Mas que é muito escroto é. Se você não consegue segurar, não faça. É aquela velha história não sabe brincar não desce pro play. É a mina que tem que tomar pílula do dia seguinte, que vocês muitas vezes nem se oferecem pra dividir, e aguentar a sensação desoladora de ressaca de cocaína que é tomar essa bomba de hormônio. É a mina que pode ficar grávida, e ter que passar pela decisão difícil pra caralho de ter um filho ou de abortar. Vocês não tem ideia do que é isso. É muita irresponsabilidade (ou filha da putagem mesmo) achar que você tem direito de decidir sobre o corpo de uma outra pessoa.

tumblr_mdqc8vwjzq1qdy7vgo1_1280

Fiquei na dúvida se escrevia ou não esse texto, e o que faria com ele. Mas você já me conheceu assim, e é através das palavras que eu me entendo e me curo. Não é a primeira vez que eu tenho que conversar sobre posturas machistas e abusivas no sexo com homens que eu estava me relacionando. E muitas vezes até com caras muito fodas, que eu gostava muito. Aconteceu antes já, com um namorado incrível, com um sexo delicioso, que a gente tinha uma super sintonia na cama, mas que em certa altura do nosso relacionamento em uma viagem inventou de achar que eu era obrigada a responder ao apetite sexual dele e transar com ele sempre que ele estivesse com vontade.

Pode-se alegar que isso seja coisa de criança, que é por quê ele é muito novo. Tem muito homem velho de guerra fazendo as mesmas coisas. E com essa educação machista e patriarcal que é ensinada à todos os homens pela sociedade, e no sexo o que é ensinado sobre respeito à mulher, todo homem precisa ser re-educado. Mas não cola a desculpa de que você é muito novo. Isso devia ser básico. Não passarão ainda que tenham um rostinho bonito, um papo bom e um pinto gostoso. Mais uma vez, nenhuma mulher te deve nada, muito menos sexo. O corpo de cada pessoa é um templo. Show some respect.

Anúncios

7 comentários

  1. JahBless diz

    Essa desculpa de q é muito novo nao existe. Sou casada com um homem 8 anos mais velho que eu (tenho 27 ele 35) que so transa qnd ele quer (sim, nossa vida sexual nao é boa) e, devido ao fato de eu ter passado dois anos vomitando (dia sim dia nao e madrugadas a fio) por causa de anticoncepcional eu parei com o ac e hj faço billings e sintotermal. so q o cara nao poe camisinja nem pagando, sempre temos q faxer coito interrompido, pq a camisinha esmaga o micropinto dele (ele é um cara bem legal, mas infelizmente, tem o menor pinto q ja vi -e a camisinha “”””aperta”””), enfim, eles só mudam de endereço mesmo. Eu sei q não vou conseguir permanecer por longos anos nessa relação por causa dessa socialização machona dele (ja ate consegui semi desconstruir algumas coisas mas a socialização base nao consigo destruir e ele nem quer) permanecerei enquanto gosto dele e estamos crescendo e desenvolvendo juntos alguns pontos q sozinhos nao conseguimos, mas sabe, eu reconheço alguns abusos na nossa relação 😢 aproveitei pra mandar um desabafo rsrs pois nao falo sobre isso com ninguém, não tenho amigas confiáveis na minha vida, só tenho colegas que sao gnt boa mas não confiáveis.

    Curtir

    • Harley diz

      Vai dar tudo certo. Se fortaleça o quanto puder e saia quando for capaz. Lembre-se que nem sempre há um momento certo ou perfeito. Terapia ajuda muito também a esse fortalecimento subjetivo. Abraços

      Curtir

  2. Priscila diz

    Nossa, fico lendo esse relato e vejo como eu tenho sorte em ter o namorado que eu tenho. Quantas vezes eu simplesmente desisto de transar no meio da pegação, ou prometo mil e umas coisas quando bebo e quando chego em casa eu apago, e ele simplesmente deita e me abraça. Me respeita, aceita que eu não quero ou que não tenho condições, NUNCA fez algo que eu não queria pensando ” ela só está de charminho”.
    Meninas, é possível sim encontrar alguém que respeite você e seu corpo, não aceitem qualquer coisa por qualquer homem. Existem parceirxs legais, saiam de qualquer relacionamento abusivo e sejam felizes sozinhas ou com alguém que faça por merecer seu amor e seu sexo.

    Curtir

  3. Que texto! Passei por isso e espero não passar mais. O mínimo que se quer é respeito ao nosso corpo e decisões.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s