Mês: dezembro 2015

O ato sexual filmado por um outro ponto de vista… o da vagina! Assista:

Talvez esse vídeo não seja muito seguro para ser visto no trabalho. Em nome da ciência, dois parceiros sexuais tiveram pequenas câmeras anexadas à seus órgãos genitais, e então foram filmados na clássica posição papai-mamãe. À partir da pequena câmera posicionada no interior da vagina, os espectadores podem ter uma boa visão (interior) de como é quando o pênis entra, estimulando o clitóris e a parte frontal da parede uterina, onde o tal ponto G fica localizado. As outras câmeras, posicionadas no mamilo da mulher e no pênis do homem, possibilitam outras perspectivas dos efeitos do sexo no corpo. Enquanto tudo isso acontece, a mulher experimenta um orgasmo, que se anuncia de várias formas, incluindo contrações musculares e a sensação de sentir o coração batendo na vulva. Isso acontece como resposta à estimulação direta do clitóris. Tanto o clitóris como  a cabeça do pênis contém um grande número de terminações nervosas, que mandam informações sensoriais para o cérebro quando são estimulados, o que resulta na liberação de grandes quantidades de dopamina e oxitocina, hormônios responsáveis por aquela sensação …

“Minha gangue é do guettho, e elas são más”! Lurdez da Luz, Lay e outras gang$taz do rap de mina nacional

Muita gente que me acompanha nesse blog não sabe, mas entre outras ocupações da pós-modernidade, sou DJ de hip hop e funk. Felizmente, a gente é composto por muitos interesses e assuntos. Tenho falado muito de amor e sexo por aqui, mas se eu tenho uma paixão e um vício na vida, uma arte que me interessa, muito mais do que homem, é a música. Já falei um pouco da minha relação com o rap nesse post aqui: Mulher também gosta, faz, pensa e escuta hip hop Vou me esforçar em escrever mais sobre som por aqui, selecionar umas músicas, fazer umas playlists. Pra agora, selecionei uns lançamentos do rap de mina que acabaram de sair do forno! E as mina tão gang$ta viu? Lay – Ghettho Woman “Minha gang é do guettho… e elas são más!!! Representam o que vários dizem jamais” Lurdez da Luz – Niaja  “Por que eu sou da pior quebrada do Mundaréu E eu vou que vou, melhor ser suspeita do que ser réu” Karol Conka – É o poder  “Só não vem dizer que eu …

O medo de não conseguir fazer juz ao amor do outro

Sou de Yemanjá e tudo na minha vida tende a parecer espelho. Quando fui ao fundo do poço por terem saído de um relacionamento comigo de uma maneira que considerei descuidadosa, encontrei um espelho. Me vi saindo de namoros de maneira leviana, ignorando sentimentos alheios. O reflexo foi doloroso, me mostrou hoje acontecendo comigo o que tinha feito há anos atrás a outros companheiros e amantes. Instant Karma, they say. Lei da ação e reação. Como julgar aquele menino se já tive sua idade e sua pressa? Como julgá-lo se eu mesma já tinha feito a mesma coisa um tempo antes? Se eu sei que o amor que tive à pessoas que já magoei inclusive é muito maior que os vacilos que eu dei, como não perdoar, se quero ser perdoada? A gente atrai o que a gente emana, a gente recebe o que a gente dá. A gente colhe o que planta, e quando a semente que a gente planta retorna à nossa mão em forma de fruto, a gente tem a oportunidade de …

Como aprender a identificar os sinais de uma cilada e sair fora ANTES de se machucar

“No início é tudo azul, no começo é muito bom! Ele liga, manda flores, recadinho, até bombom Diz que tá apaixonado e a gente cai na lábia Depois que dá uma foda, o filha da puta rala (É o pente-rala, é o pente-rala! Nós fogueta e mete o pé!) Não parei, mudei meu jeito, agora tu não reclama! Quer falar de amor, esquece; mas se quer fuder me chama Sabe por quê, mulherada? Princípe encantado nada, Eu aprendi vivendo a vida, que se foda o amor Eu vou pra putaria!” – Príncipe Encantado, Mulher Filé Era cilada e todo mundo sabia. Os sinais estavam ali desde o começo, ou melhor, desde o segundo ou terceiro semana mês, depois de passado aquele período inicial onde todos somos só flerte e delicadeza, mas você estava apaixonada demais pra perceber. Na verdade, talvez você até tenha notado que tinha alguma coisa estranha naquele comportamento possessivo, agressivo, ciumento ou manipulador dele, mas pra fazer aquele relacionamento dar certo preferiu inventar mil desculpas mirabolantes na sua cabeça para justificar as …

Notas sobre términos: Amar é, de quando em quando, rasgar o ego em vinte e seis mil pedacinhos

De vez em quando, principalmente quando tô passando por algum perrengue, gosto de vir ao blog e reler algum dos textos que eu mesma escrevi sobre relacionamentos amorosos. É massa rever meu ponto de vista, a linha de raciocínio, lembrar do que passou, de como meu coração estava na época, das lições que foram aprendidas. Acredito que os textos têm sim alguma sabedoria, mas se engana (e muito) quem a partir deles me lê como uma mulher calma e evoluída, blindada dos vermes da insegurança e do ciúmes. O que se passa é que na maioria das vezes que eu escrevo sobre temas como esses, o faço depois de um longo período de reflexão, no espaço-tempo de calmaria que sucede uma boa tempestade. A verdade é que apesar de saber que os budistas recomendam a eqüanimidade, e que ninguém completa a gente e que o verdadeiro amor reside dentro e etc, etc, etc… Vira e mexe eu ainda vou ao inferno e volto por causa do amor. É muito fácil falar de amor livre quando …

Receitas para arrancar poemas presos – Viviane Mosé

“A maioria das doenças que as pessoas têm São poemas presos. Abscessos, tumores, nódulos, pedras são palavras calcificadas, Poemas sem vazão. Mesmo cravos pretos, espinhas, cabelo encravado. Prisão de ventre poderia um dia ter sido poema. Mas não. Pessoas às vezes adoecem da razão De gostar de palavra presa. Palavra boa é palavra líquida Escorrendo em estado de lágrima Lágrima é dor derretida. Dor endurecida é tumor. Lágrima é alegria derretida. Alegria endurecida é tumor. Lágrima é raiva derretida. Raiva endurecida é tumor. Lágrima é pessoa derretida. Pessoa endurecida é tumor. Tempo endurecido é tumor. Tempo derretido é poema Você pode arrancar poemas com pinças, Buchas vegetais, óleos medicinais. Com as pontas dos dedos, com as unhas. Você pode arrancar poemas com banhos De imersão, com o pente, com uma agulha. Com pomada basilicão. Alicate de cutículas. Com massagens e hidratação. Mas não use bisturi quase nunca. Em caso de poemas difíceis use a dança. A dança é uma forma de amolecer os poemas, Endurecidos do corpo. Uma forma de soltá-los, Das dobras dos dedos …